Makarios

por Jorge Forbes Bem-aventurados os que conseguem não ser normais e se destacar.Bem-aventurados os que continuam a falar a partir do desejo, depois de esgotada a queixa.Bem-aventurados os que têm ideais, mas não o levam tão a sério.Bem-aventurados os que suportam espaços vazios, silêncios e ouvir música clássica, sem enlouquecer.Bem-aventurados os que saem da culpa…

Crie expertise em aprender

Fiz uma transição profissional relevante há alguns anos. Mergulhei em novos contextos e experiências bem diferentes das que eu estava habituada no mundo corporativo. Me vi criando roteiros, elaborando conteúdos digitais, configurando e implementando processos em plataformas de desenvolvimento e marketing digital, organizando estúdios de gravação e interagindo com palestrantes incríveis. Tudo para construir um…

Conexões humanas – fundamentais para uma vida saudável

Há alguns anos optei por viver novos modelos de trabalho e criei uma oportunidade, transitei para um novo ciclo profissional. Habituada a determinados sistemas e modelos tradicionais de produção durante toda a vida o passo precisou de ingredientes como ousadia, coragem e determinação. Ouvi de uma diretora de recursos humanos na época que eu era…

Aprender a perder, aprender a viver

Assisti na semana passada uma série recém lançada na plataforma de conteúdos Netflix, de nome “O Gambito da Rainha”. Dona de belas interpretações e uma cuidadosa fotografia, a história ocorrida na década de 60 conta a trajetória crescente de uma enxadrista órfâ no mundo do xadrez dominado pelos jogadores masculinos. Dentre os vários elementos de…

Guardar

Guardar uma coisa não é escondê-la ou trancá-la. Em cofre não se guarda coisa alguma. Em cofre perde-se a coisa à vista.Guardar uma coisa é olhá-la, fitá-la, mirá-la por admirá-la, isto é, iluminá-la ou ser por ela iluminado.Guardar uma coisa é vigiá-la, isto é, fazer vigília por ela, isto é, velar por ela, isto é,…

Qual sua posição na fila ?

Eu e a vida Estamos todos na fila…..A cada minuto alguém deixa esse mundo pra trás. Não sabemos quantas pessoas estão na nossa frente.Não dá pra voltar pro “fim da fila”. Não dá pra sair da fila. Nem evitar essa fila.Então, enquanto esperamos a nossa vez:-Faça valer a pena cada momento vivido aqui na Terra.Tenha…

Prometo (Maria)

Se eu pudesse te mandaria um bolo de côco. Côco daquele original, da Bahia.Tão gostoso, que vai lhe fazer esquecer teus revezes…. “Rapidinho. Com jeitinho!Vai sem cartão, sem aviso, sem recado mesmo. Mas saberás… que fui eu. Disso não terás dúvidas, afirmo. Fico de cá torcendo.. pra que ele te encha a alma.De sabor… de…

Desesperar jamais…

Ontem, por um aplicativo de mensagem, uma grande amiga de Minas me perguntou há quanto tempo estou lidando com essa situação. Foram-se dois anos e meio ou mais. Perdi a conta! Dependendo do contexto, da circunstância, dois anos pode ser considerado “pouco”. Não pra mim. Neste inacabável período, convivi com o desconhecido, incertezas, com vários…

Por mais mãos como estas…

Olhava aquela lâmpada branca enorme no teto enquanto ouvia atenta as conversas na sala 14 do centro cirúrgico sobre a adequada distribuição dos equipamentos. Eles não estavam dispostos como o anestesista recomendara por mais de uma vez. A equipe trabalhava na sua movimentação visando atender o pedido. Ele, o anestesista, dizia: vocês sabem sobre ergonomia?…

Vôou

Mesmo na minha desvairada dor eu insisto.Insisto, persigo o não parar.Insisto, teimo em evoluir porque há ainda muito a fazer. Insisto, persevero o não me deixar deter por ela, a dor.Insisto, persisto em ler, escrever, criar.Insisto, obstino em ir. Vou.Vôo.

perdas…

Tudo aconteceu há mais de trinta dias e durante todo esse tempo eu não tive coragem de lhe escrever embora tivesse vontade. Faltavam-me as palavras. Eu não sabia o que dizer nesta circunstância. Tinha certeza de que ele não estaria nada bem. Soube de sua enorme tristeza. Queria que ele soubesse que eu estaria ali…

Assumo minha incompetência.

O que vejo neste exato momento são buracos e estragos grandes nas paredes. Desalento talvez seja uma boa palavra para a cena. Hoje é sábado e acordei decidida a dar cabo de alguns itens daquela usual “to do list” , vulgo “lista de pendências” ou lista de afazeres. Ahhhh quanta valentia!!! Observo pensamentos de autosuficiência…

“É como se o mundo estivesse à minha espera. E eu vou …”

Eu me vejo, me assemelho, me leio, me questiono, me emociono,com as tantas “palavras”, ou “provocações”de Clarice Lispector. Uma verdadeira arte na expressão de sentimentos, na tradução da existência humana. Como bem disse Yudith Rosembaum não se lê Clarice impunemente. Compartilho sua bela crônica “As três experiências”, de 1968, atemporal. “Há três coisas para as…

Pertence-te

— Sou teu.Não, não és. Enquanto não fores de ti mesmo nao és de ninguém. É imperativo seres teu, porque só sendo de nós mesmos poderemos ser nos outros. Lembra-te: para fazeres alguém feliz, pertence-te, antes de te entregares. por Abel Damásio

O que lhe compete?

“Mantenha sua atenção inteiramente concentrada no que de fato lhe compete e tenha sempre em mente que aquilo que pertence aoos outros é problema deles, e não seu. Se agir assim, estará imune a coações e ninguém o poderá reprimir. Será verdadeiramente livre e eficiente em suas ações, pois seus esforços serão canalizados para boas…

Histórias pra contar em 2019…

Última semana do ano… E você pode estar pensando… Lá vem tudo de novo… Adeus ano velho, feliz ano novo…. ai ai ai… (rs) Depende. Depende “do jeito” que a gente vê. Cada um enxerga, interpreta e analisa a partir do seu repertório individual. Absolutamente pessoal. Prá mim, é sim. Um momento mais que oportuno…

#asmelhorescoisasdavidanãosãocoisas

Consenti tannnnto com esse posicionamento do Mark (autor do livro “a sutil arte de ligar o foda-se”, que decidi compartilhar com você. Isso não significa que compartilho de todas as ideias dele.  Algumas ainda têm me feito pensar sobre (rs).   Mas nada como dedicar nosso tempo de vida às questões realmente importantes e permanentes.  Essas…

Raiva suga sua energia.👊

Observou-se enfurecido por algo, ou por alguém? Certa vez ouvi a seguinte resposta:  “Lógico,  ou você acha que tenho sangue de barata?” Rolei.. (rss) Humanos são assim … tem emoções,  tem “repentes”,  temperos de toda ordem e por conta de alguns desses ficam até ensimesmados  (recolhidos em si), amargando.  Por vezes,  corroem-se  por dentro de…

Não aceite a “mediocridade”… 🏆

Somos o resultado das escolhas que fazemos, das decisões que tomamos, das ações que realizamos. Ao ler um livro sobre “realizações”  dia desses,  me chamou especial atenção a afirmativa de que a grande maioria das pessoas acomoda-se em ser “medíocre”,  ou  “mediano”. Embora sintam-se  não totalmente satisfeitas  em vários aspectos da vida, estão abaixo do…

Palavras conectam… 📚

Sempre nos demos bem..   suas histórias, seu interesse pela literatura,  seu gosto pela educação…  tanto “reparo” de admiração tenho por ela, minha tia.  Recente tomamos um café em casa e fomos ao cinema. Desses programas adoráveis… de muita prosa. Ao passar pela livraria…  não havia como escapar.  Juntas, desfrutávamos do lugar.    E não é…

Postergou algo muito importante?⏱

Postergou algo muito importante?? Cuidado. Certifique-se, absolutamente, que conseguirá cumprir com esse intento em data futura.  Garanta. Sabe por que ? Porque o tempo passa muito rápido e quando a gente se dá conta,  já foram semanas, meses e anos até,   como muito bem diz a poesia do Mário Quintana.  (anexada aqui)  Deixamos pra trás…

Experimente sair do lugar comum. Vale a pena! 🏠

Nos últimos anos tenho sido adepta dos novos modelos de compartilhamentos de “ativos”, de coisas.   Alguns, especialmente os profissionais de negócios, os conhecem também como “sharing economy“,  a economia do compartilhamento,  onde se “divide” algo com outras pessoas,  desde casas, carros,  ferramentas, roupas, bicicletas, livros, …., o que fizer sentido ou o que a criatividade…