#asmelhorescoisasdavidanãosãocoisas

Consenti tannnnto com esse posicionamento do Mark (autor do livro “a sutil arte de ligar o foda-se”, que decidi compartilhar com você.

Isso não significa que compartilho de todas as ideias dele.  Algumas ainda têm me feito pensar sobre (rs).   Mas nada como dedicar nosso tempo de vida às questões realmente importantes e permanentes.  Essas sim, alimentam a alma e promovem a alegria de viver.

couple-260899_640

tome nota..

“Nada contra bons negócios, mas ter necessidades demais faz mal para sua saúde mental.  Você acaba se agarrando demais ao que é superficial e falso, dedicando a vida à meta de alcançar uma miragem de felicidade e satisfação.

O segredo para uma vida melhor não é precisar de mais coisas; é se importar com menos,  e apenas com o que é verdadeiro, imediato e importante. “

Mark Manson

grandparents-1969824_640

Ainda sobre encerrar CICLOS…

Lembra dos posts sobre a importância de pensar e criar novos ciclos que quer viver??  Se quiser voltar neles, basta acionar aqui  – 1-Encerrar CICLOS 🕹   e o 2-Criando novos ciclos…

Vi essa foto abaixo, num post de um amigo e conectei com esses artigos.  Gostei dos dizeres… Afinal,  precisamos ser gratos de coração pelas experiências e ciclos que tivemos a oportunidade de viver.  E, pelos aprendizados que geraram. Pensar o quanto foi bom ter essa chance.  Adorei… bjo,

captura 19

O reparo, dentro e fora.

notebook-2247351_640O REPARO, dentro e fora.

É nessa dança que reside a palavra.

O olhar de fora, acende a luz.

O de dentro faz nascer a flor.

O que chega na vista é pra chegar.

Livre. Leve.

Despretensioso.

Que é pra tocar a alma e por em pauta.

Que é pra  ver.

Ver de reparar.

Que é até pra curar.

Deixa o olho ver.

Deixa ele acordar você.

Por dentro.

Por fora.

É você.

 

 

 

#gratidão – uma chave 🙏🏻

Hoje é o dia #26 de um desafio de 30 dias, estabelecido  junto com uma amiga e parceira querida. Experimentamos ao longo desses dias, colocar em prática um conjunto de atividades regulares, construtivas,   com o objetivo de nos impulsionar, alavancar, acelerar nossos objetivos.

Tem sido um bom mergulho interno, pois a própria predisposição em  estabelecer um tempo para auto-reflexão, já se substancia num caminho mínimo, de partida,  de construção própria, interna.

flower-1382493_640

Ao pensar, escrever, ler, meditar acerca de tantos aspectos da vida, não tem como não ser absolutamente grata por muitas coisas.  O pensamento de gratidão, brota instantaneamente e abre muitos canais internos,  quando identifico o bem que recebi e ainda recebo.  Expandi meu conceito de gratidão quando estudei por muitos anos, a ciência logosófica.  Sentir a gratidão de forma genuína e aplicada,  colabora com o meu reposicionamento imediato diante de circunstâncias das mais diversas:  erros,  tristeza, solidão, medo, incerteza, vulnerabilidade, desânimos, dúvidas,  entre outros.

Se cada um buscasse dentro de si a recordação das horas felizes e de tudo que foi motivo de ventura, muito seguramente encontraria mais de uma razão para deleitar o espírito nessa revivência de imagens queridas.

da Logosofia

Escrevi,  nessas atividades práticas do desafio #30D,   a quê,  eu sinto profunda gratidão. Vou compartilhar com você aqui. De repente,  você pode ser grato, tanto quanto  eu,  a alguns desses elementos e teremos a oportunidade de compartilhar dessa energia, a “engrossar juntos esse caldo”. (frase de mineira, essa… rs).

Eu sou grata pela minha família, meus filhos, meus pais, irmãs,  sobrinhos, …

Eu sou grata a Deus,  pela minha oportunidade da vida, por respirar,  por poder viver tantas coisas…

Eu sou grata pela minha trajetória pessoal e profissional,  pelas oportunidades que tive, com as quais aprendi largamente…

Eu sou grata pela minha inteligência,  por ter oportunidade de pensar, estudar, ler, refletir e fazer mudanças necessárias, que me encaminhem melhor…

Eu sou grata pelo meu interesse cultural e intelectual,  por querer ser sempre uma pessoa melhor…

Eu sou grata pelos meus mestres,  mentores,  guias, orientadores.  Meus pais,  filhos, irmãs, professores,  chefes, namorados,  amigos, autores especiais.. ..

Eu sou grata pelas parcerias que tenho estabelecido em vários setores da vida…

Eu sou grata pelos meus amigos , por tornarem minha vida muito mais que especial. extraordinária…

Eu sou grata pela liberdade que conquistei para fazer escolhas importantes, nas quais acredito e invisto.

Eu sou grata pelo meu corpo, pela minha saúde,  que me permitem realizar..

Eu sou grata por encontrar profissionais que me ajudam a lidar com as dificuldades físicas (médicos dentistas fisioterapeutas ), quando necessário…   o corpo, por vezes, reclama. Poder contar com eles é uma benção…

Eu sou grata  pelas experiências que vivi e que tatuaram em mim a pessoa que sou (maternidade, casamento, relacionamentos, trabalhos, escolas, .. etc, etc, etc.)..

Eu sou grata por ter escolhido realizar uma trajetória de aprendizagem contínua, por ter me permitido realizar muitos cursos, pesquisas, leituras, certificações,  que me ajudam  a evoluir mental e emocionalmente, e a ampliar minha visão,  construir mais perspectivas para meu futuro…

Eu sou grata pelas oportunidades de trabalho que tenho conquistado, porque por meio dele,  posso colaborar com outras pessoas,  realizar o que gosto, o que tenho como propósitos….

Eu sou grata pela confiança que as pessoas depositam em mim… isso, pra mim,  tem um grande valor …

Sou grata porque sempre que repasso essa lista,  consigo reconhecer mais elementos, pessoas e situações que potencializam esse sentimento em mim.

#gratidão.

O fato de expressar a gratidão,  genuinamente sentida,  é uma bela oportunidade para reconhecer as prerrogativas que possui.  Isso é fabuloso.  A possibilidade de não passar ileso e indiferente a tantas oportunidades.   Além disso,  estudos recentes, ligados á felicidade, á neurociência, á satisfação,  têm apontado ao sentimento de gratidão, uma série de benefícios para a saúde mental.  Veja aqui nesse link, um desses estudos mencionados pela revista Galileu.  Também aqui,  um belo artigo sobre a Pedagogia Logosófica. Na internet você poderá pesquisar outras fontes de informações interessantes sobre isso.

Encontrei um  vídeo instrucional muito fofo, que explica um pouco mais os impactos cerebrais do sentimento de gratidão e os benefícios da escolha por exercitá-la diariamente.  Caso lhe interesse, basta clicar.

A gratidão, como sentimento de imponderável valor, parece ser um dos tantos segredos que o ser humano deve descobrir, para extrair dele esse bem que geralmente se busca ali onde não está e que, encontrado, se desvaloriza e se esquece.

Da Logosofia

Independente de qualquer coisa.  #gratidão.

Afinal, não custa nada.  Absolutamente nada.  Ser grato.

Bom domingo e boa semana.

bjo,

Darlene

 

 

 

Palavras conectam… 📚

Sempre nos demos bem..   suas histórias, seu interesse pela literatura,  seu gosto pela educação…  tanto “reparo” de admiração tenho por ela, minha tia.  Recente tomamos um café em casa e fomos ao cinema. Desses programas adoráveis… de muita prosa.

Ao passar pela livraria…  não havia como escapar.  Juntas, desfrutávamos do lugar.    E não é que ao procurar um livro de poesias ela descobriu alguns tesouros..??  Com um sorriso estampado, meio que justificando alguns achados comentou:  “ah, tenho certeza que eu escolhi a profissão certa”.

Descobriu dois livros.. . sobre o amor,  sobre relações, sobre a vida.   Eram livros compostos por frases..  inspirações.  Ela os folheava e encantava-se.  Conhecemos juntas o Lucão, publicitário de Goiás (do blog Abra o bico), e o Carpinejar, poeta dos guardanapos.  Ao folhear saboreávamos as palavras cheias de sentimento, de sentido. Muitas pareciam de dentro da gente. A literatura faz isso com, conecta.  Irresistíveis, ela levou os dois pra casa.

Ao sair do cinema fez questão de voltar lá e me comprar  mais um deles de presente… Aí não resisti, comprei o outro. rsss   Acabei carregando também os dois autores. ..  o poeta que escreve nos guardanapos.   O livro dele,  como se fosse um pacote de guardanapos destaca-se.. como que para  jogar com as frases, com as palavras numa boa mesa de convivências,  de “dedo de prosa”,  como falamos em Minas.

A d o r e i ..

 

p.s –

Algumas das pérolas dos dois livros aqui pra você leitor, também..