Valores na diversidade

Vira e mexe me pego  envolvida com as artes.  Quase todos os dias faço algo, pequeno que seja. Um gosto aprendido desde a infância. As práticas passam pela observação,  pela admiração de artistas,  pelo desenho,  ou pela aquarela. O bom foi ter dado mais tempo a esse prazer. Encontrei inspirações em muitas partes do mundo.   

arte de Hulya Ozdemir

Uma série de mulheres desenvolvida  por uma artista turca me chamou a atenção há muitos anos atrás.   Recentemente a identifiquei  e hoje a sigo pelas redes.   Uma ilustradora jovem do traço simples, com  personagens reais da Arábia Saudita me encanta  pela  singeleza e texto que referencia questões do dia a dia.  Pessoas que nunca conheci e que fazem parte do meu arsenal de influências e aprendizagem.   Somos a composição de muitas partes,  algumas de perto, outras nem tanto. 

A pandemia 2019  ampliou e acelerou mudanças imprortantes no mundo do trabalho:  muitas produções e tipos de atividades  podem ser realizadas de qualquer parte.  A massiva utilização das redes e o acesso cada vez mais facilitado às tecnologias intensifica as relações entre negócios e pessoas independente de sua localização geográfica, idioma e nacionalidade.  O autor Harold Sirkin comenta ser  a “globalidade” ,  uma evolução da era da globalização tão estudada e mencionada nas últimas décadas. É dele a frase:

“Os negócios estão se espalhando por todas as direções, e as empresas estão perdendo seus centros de atuação. Nenhum mercado é pequeno demais ou remoto demais em termos de recursos, vantagens em custos ou oportunidades”.

Além disso,   a diversidade ganhou uma tonalidade ainda mais forte e atual.  O tema sustentabilidade toma presença nas pautas de grandes dirigentes nas mais diversas instituições, públicas ou privadas.   O mundo contemporâneo tem se voltado as questões humanas. As convivências cada vez mais frequentes entre culturas distintas (às vezes muito distintas), podem promover valor para quem as experimenta de forma efetiva. 

 Formas de compreensão sobre a divergência e a diferença –

Em geral as pessoas reputam às diferenças culturais, vividas no cotidiano dessas oportunidades, como divergências.  Entretanto elas são saudáveis na medida em que são reconhecidas e promovem o crescimento de todos envolvidos.   Também tenho visto que os resultados conquistados em grupos diversos são distintos. Não somente os resultados de trabalhos, mas também resultados das pessoas.  São mais complexos,  na sua produção e conquista, porém diferentes e até mais valiosos a todos  ao final. 

 A beleza deste tido de oportunidade somente será percebida quando as pessoas se  permitirem abdicar de viéses automáticos   e  preconceitos estruturais aguçando o “ouvir” genuíno para o diferente.  Passa pela compreensão de que,  estão nas diferenças, nas desigualdades,  uma das fontes de melhoramentos humanos.  Parece simples,  mas não é.   Precisa perceber,  precisa entender e querer!

A arte existe para que a realidade não nos destrua.
Friedrich Nietzsche

#arte #poesia #linguagem #humanidade #diversidade #diferenças #sustentabilidade #cultura #aprendizagem #mindset

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: