Do livro: A álgebra da felicidade

Você não é Bill Gates, nem tampouco Steve Jobs. Então estude. Faça isto e se posicione na casta de pessoas habilitadas a ter melhores resultados. Trabalhe muito e se quiser ter um ganho importante escolha estar numa cidade grande. Os seus estudos e o contexto em que se encontra já lhe darão uma boa largada para resultados financeiros.

Equação: QUALIFICAÇÃO + CEP = DINHEIRO.

Esta é mais uma das visões do Professor Scott, autor do livro A Álgebra da Felicidade. Fiz recentemente um post sobre ele. Hoje a proposta é esticar um pouco mais este conteúdo. Então se você não leu a primeira postagem talvez seja interessante fazê-lo para favorecer o entendimento.

Simplificando algumas de suas considerações:

  • Trabalhe duro e consiga estabilidade econômica, mas não deixe de identificar as coisas que lhe dão alegria, te trazem satisfação e invista nelas.
  • As coisas que você curte acrescentam à sua personalidade.
  • Invista cedo e frequentemente. Não é economia , é uma mágica. Coloque, coloque, coloque e só tire depois dos 40 anos.
  • Somente salário não será suficiente para segurança financeira. Vá poupando e investindo em ações, ativos. E tente não colocar tudo num único tipo. Diversifique.
  • Ser rico é ter renda passiva maior que seu custo. (?!?!?!)
Imagem de Free-Photos por Pixabay

Até aqui o foco do autor está na produção enquanto jovem e na acumulação de dinheiro. Mas ele diz que assim como você investe em dinheiro é preciso investir em seus relacionamentos. E completa:

  • Nada supera o vínculo entre mãe e filho.
  • Tire muitas fotos e envie mensagens aos amigos. Fale com velhos amigos sempre.
  • Diga ao máximo de pessoas possível que as ama.
  • Beba menos. As substâncias atrapalham seus relacionamentos.
  • Invista em experiências ao invés de coisas.
  • Ofereça conforto a alguém que você ama no final de sua vida.
  • Um dos segredos dos relacionamentos saudáveis é o perdão. Perdoe os outros e você mesmo.

Felicidade = Família

“Em uma métrica de desempenho, as pessoas mais felizes são aquelas em relacionamentos monôgamicos que têm filhos.” ele menciona.

Sobre o sucesso e o fracasso a recomendação é não subestimar o valor de aprendizagem e da capacitação. Não seja tão duro consigo mesmo e perdoe-se.

Estes são pontos simplificados da primeira parte do livro. Espero que tenha sido útil pra você.

Até sempre,

Darlene

#algebradafelicidade, #darlenedutra, #scottgaleway, #felicidade, #desenvolvimento humano, #development, #humandevelopment, #book

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.