Quero a minha garagem de volta

“Mãe você se aborreceu por causa da vaga de garagem?” Meu filho perguntou esses dias durante “nosso tradicional” almoço japonês. Algo aparentemente banal mas que me fez pensar a respeito. Eu deveria mesmo me “ocupar” com isto?

Tudo começara há quatro, cinco meses atrás. Lembro como foi estranho o dia da minha volta ao Brasil por conta do covid-19 em março. A saúde debilitada pelo cansaço na busca de alternativas e mais de vinte quatro horas entre aeroportos e vôos usando máscara para conter um resfriado forte que poderia assustar os demais. Depois a entrada no grupo de risco, os dois dias de isolamento total por segurança, as dificuldades na obtenção de ajuda das pessoas sem informação e o teste negativo.

Não obstante todo o imbróglio um detalhe corriqueiro e incômodo foi o papel colado no meu elevador que mencionava o resultado do “sorteio da garagem”. Evento dos mais disputados em qualquer condomínio. Eu havia deixado uma procuração para uma de minhas amigas me representasse. Sabia que o meu número era o 39 mas o informe anunciava que alguém se apropriara da minha garagem.

Passou esse filme todo na minha cabeça quando fiz as contas do tempo. Comunicações, notificações, protocolos e tentativas de correção do problema foram em vão. Simples e corriqueiro, mas ainda assim é um “direito”.

Lembrei de uma palestra do Karnal sobre a ética. (link) Eu a utilizei numa de minhas aulas da pós graduação há alguns anos atrás. Muitos alunos daquela turma não associavam as “vantagens” cotidianas, obtidas com certo jeitinho aos desvios de ética. É questão de ética sim senhor. Furar fila, comprar um guarda de trânsito, colar na prova, achar dinheiro perdido e não devolver, ser abusivo em contratos comerciais, não devolver um troco errado, romper o lacre de uma correspondência, entre outros.

Aí filho vai o resultado da minha reflexão: não me aborreci pela vaga da garagem em si. Eu fico incomodada quando vejo as pessoas querendo levar vantagem sobre as outras, por menores que sejam as situações. Minha natureza não me permite a inércia. O que não significa que vou bradar, brigar, gritar. Quem me conhece sabe que não uso desses artifícios. Mas tenha certeza que vou questionar e tentar elucidar a atitude.

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é 0*KKLhcwMVCwdcPYFA.jpg

A vida social e a convivência coletiva carecem do polimento estrutural da honestidade, da confiança, hombridade e da lisura. É preciso se indignar e agir se isto acionar um mínimo “repensar” da coisa, se trouxer para a pauta determinados padrões de condutas. A aceitação pura e simples é omissão. O pequeno tem por trás o grande, o princípio.

Quero a minha garagem de volta!

Darlene

Significado de ÉTICA –

A palavra ética é de origem grega derivada de ethos, que diz respeito ao costume, aos hábitos dos homens. Teria sido traduzida em latim por mos ou mores (no plural), sendo essa a origem da palavra moral. Uma das possíveis definições de ética seria a de que é uma parte da filosofia (e também pertinente às ciências sociais) que lida com a compreensão das noções e dos princípios que sustentam as bases da moralidade social e da vida individual. Em outras palavras, trata-se de uma reflexão sobre o valor das ações sociais consideradas tanto no âmbito coletivo como no âmbito individual.

fonte:https://medium.com/@amarcoscrf/%C3%A9tica-no-dia-a-dia-das-rela%C3%A7%C3%B5es-pessoais-e-profissionais-c2cdd694da18

Ética é uma área da filosofia que busca problematizar as questões relativas aos costumes e à moral de uma sociedade, sem recorrer ao senso comum. A ética tenta estabelecer, de maneira moderada e com uma visão questionadora, o que é o certo e o errado e a linha, muitas vezes tênue, entre o bem e o mal. A ética está intimamente ligada à moral e consiste numa importante ferramenta para o bom convívio entre as pessoas e para o bom funcionamento das relações e das instituições sociais. 

fonte: https://brasilescola.uol.com.br/sociologia/o-que-etica.htm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.