Lindaaaaa!

Intencionalmente entrei na organização contando os passos e olhando a fisionomia das pessoas: seus olhares e suas expressões. Fui desenhando mentalmente uma fotografia viva e coletiva. Este “retrato”, normalmente, me diz muito dado que sou uma observadora interessada na “humanidade”. rs

Naquele curto trajeto alguns poucos responderam aos meus estímulos e cumprimentos básicos, outros sequer olharam nos meus olhos. Tenho aprendido que um conjunto de seres contam muito sobre a cultura do lugar e do grupo do qual pertencem. Expressões, gestos, comportamentos e ações representam bem a comunidade, a forma de serem “juntos”.

Não localizei o fotógrafo para os devidos créditos (from pinterest)

Uma negra linda de cabelos coloridos respondeu-me com um sorriso genuíno quando fiz menção de sua beleza extravagante. Tive vontade de fotografá-la. (adoro fotografia), não somente pela beleza física, mas pelo que transmitia. Forte e leve ao mesmo tempo. Segura de si. Tem gente que é assim, naturalmente radiante. Comove. Manifesta-se no mundo. Tem aqueles que simplesmente sobrevivem a ele. Mortos indigentes vivos. Perambulando por ai.

É uma arte a forma como cada um escolhe e “consegue” viver. Saborear, desfrutar, ou morrer um pouco a cada dia.

Bjo,

Darlene

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.