Pertence-te


— Sou teu.
Não, não és. Enquanto não fores de ti mesmo nao és de ninguém. É imperativo seres teu, porque só sendo de nós mesmos poderemos ser nos outros. Lembra-te: para fazeres alguém feliz, pertence-te, antes de te entregares.

por Abel Damásio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.