A difícil decisão de empreender …

Você é uma dessas pessoas que analisam, analisam,  analisam muuuito antes de tomar uma decisão?  Ou você precisa de poucas análises e informações mínimas para iniciar seus projetos?  Qual seu estilo para tomar decisões?

Há um estilo de pessoas que “super” refletem antes de uma tomada de decisão necessária para implementação de projetos, para  entrar literalmente em ação.  Mergulhados num  “mar” de informações,  conteúdos,  produções científicas, críticas especializadas…  e tudo mais –  incrivelmente à disposição nas redes –  não é  fácil consolidar cenários e estruturar o racional que sustente a decisão.

Na verdade, em muitos casos, ocorre a tão conhecida “analysis paralysis’  (paralisia da análise).

icon-2515316_640

Cá pra nós, tomar decisão nesse mundão de dados e informações ficou bem mais complexo.  Tem muita ciência envolvida. “

As pessoas não querem errar,  e mais,  elas querem ser reconhecidas por bons resultados,  por realizações bem sucedidas. Esse comportamento (de enormidade de análises), quando  em “graus elevados”,   faz  manter  os projetos no papel.

Nas minhas pesquisas e trabalhos voltados à realização humana (Programa 4Touch) identifiquei que esse é um dos fatores inibidores da partida para ação.  Chamo a atenção para o MEDO:  o MEDO da incerteza,   o MEDO de não ser capaz de lidar com o novo,  o MEDO de errar,  o MEDO do FRACASSO. E esse medo,  por vezes, não declarado e até mesmo não identificado,  pode paralisar.

Gosto da frase de Nelson Mandela:

Eu aprendi que a coragem não é a ausência de medo, mas o triunfo sobre ele. O homem corajoso não é aquele que não sente medo, mas aquele que conquista por cima do medo.

Por outro lado…

horizontal-2071315_640

Devido ao momento crítico na economia do país,  às condições de menor consumo do mercado brasileiro, e do aumento progressivo do número de desempregados, há uma onda de  novos negócios,  de  novos empreendimentos. A coragem para criar novos caminhos, nesse caso,  tem sido fomentada pela necessidade.

Uma quantidade significativa de pessoas está empreendendo e especialmente no mundo  digital.  Boa parte delas por estar sem trabalho,   outra parte por apostar na tão sonhada carreira solo ou para tirar da gaveta uma idéia guardada há tempos.

Enfim,  deram a largada.

De acordo com Cristina Junqueira, co-fundadora do Nubank,  numa apresentação recente, esses momentos de recessão,  de crise econômica,  são propícios para empreender, porque é quando as pessoas “estão procurando alternativas e soluções diferentes, o que torna mais propício o crescimento de startups”.

Coragem e arrojo  à parte – e diga-se de passagem,  são qualidades que admiro –    é importante ter um mínimo de análise preliminar de forma a ampliar as chances de sucesso da iniciativa.  Um kit mínimo de variáveis precisa ser estudado para que esse projeto,   esse empreendimento tenha boas perspectivas.

O Brasil abre muitas empresas,  mas tem fechado muito mais nos últimos anos.  E não me refiro à taxa de mortalidade de novas empresas que é historicamente grande, mas  refiro-me ao fechamento de empresas com maior tempo de operação.  Em 2016, por exemplo, o número de empresas que pediram falência subiu 12%, se comparado ao ano anterior.  (Folha de S.Paulo).

O que fazer nesses momentos de decisão?

Se você pensa em alçar vôos nesse sentido…  sugiro avaliar  qual o seu estilo  para tomar decisões.  Ao se identificar busque um equilíbrio entre o ser “extremamente detalhista”  e não implementar e o  ser  “muito arrojado e até impulsivo” e implementar sem alguns cuidados mínimos.

Se quer conhecer algumas dicas chaves que podem favorecer sua a tomada de decisão  e evitar várias armadilhas,  fique de olho por aqui.

Não me refiro a procedimentos e atividades corriqueiramente necessários à abertura de empresas.  Nem sobre como fazer contratos,  negociações ou estudos estratégicos  e planos de marketing.  Esses tipos de conhecimentos e orientações você poderá obter em sites específicos, Sebrae por exemplo e ou outros. São inúmeras as fontes para obter essas informações.  Vou  trazer pra você recomendações de outro gênero. que lhe ajudem a tomar uma decisão com maior confiança. Fique ligado aqui e veja mais nos meus próximos posts.

Te convido também para se cadastrar na nossa REDE,  e receber informações diretamente no seu email.

 

Gostou das informações que trouxe aqui?  Quer interagir a respeito? Basta me enviar mensagem no meu email darlene@pothum.com.br

Um comentário em “A difícil decisão de empreender …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s