É “fogo de palha” ou o quê?

Já ouviu a frase …  “_ Fulano tem um gogó poderoso!” ???
E aquela outra…  “_ Ciclano é um marqueteiro de plantão!”..??

Então!! Eu tenho pesquisado e pensado mais detidamente  sobre as características e variáveis que favorecem  ou dificultam a performance, os resultados das pessoas em seus vários projetos.   Isso tem a ver com os meus recentes trabalhos  relacionados a “ampliar os caminhos realização”.

E essa característica, em particular,   costuma ser frequente:  a de falar muito e agir pouco,  sobre as pessoas que discursam bem,  tem uma retórica fabulosa, são por vezes, em sofisticação, informações e argumentos, mas não necessariamente os  convertem  em realizações.  Veja também outras frases comuns:  “fulano só fala”,    ou  ” aquele ali é um vendedor de ilusões”.

E o mais interessante é que provavelmente isso ocorre com a maioria das pessoas, mas em graus e intensidades diferentes.   Se você parar pra pensar,  já deve ter dito algo que não tenha conseguido viabilizar.

Dependendo do que significa performance e resultado para cada um,  podemos encontrar vários e diferentes cenários.  Já presenciei profissionais com essa característica bem aguçada se darem muito bem em muitas culturas organizacionais e por longos períodos de tempo,  colecionando importantes promoções e cargos.

Num outro contexto: tem culturas em que as pessoas dizem às outras  “passa lá em casa”, mas nunca estão esperando, nunca dizem para quando estão convidando.  Também da mesma forma tem o  “te ligo”  ,  ou   “me liga”.  Ocorre no cotidiano e  é algo dissonante entre o que se diz e o que se pratica,   instalado numa cultura estabelecida. Está certo, cabem análises bem mais complexas (lendas urbanas,  culturas regionais, etc.), mas o que ressalto  é que essas promessas não se cumprem. Existem até muitas piadas e histórias a esse respeito.

Observo que  na medida em que isso ocorre,  se for uma característica muito intensamente presente  prejudica a imagem de quem a carrega,  dando chances para crescer o rótulo  “fogo de palha”.  Essas pessoas passam a ser menos  ouvidas, perdem  a credibilidade  nos contextos relacionais.

“Isso é só fogo de palha.” 

Falar é muito mais fácil e até mais rápido do que realizar.   Realizar, fazer,  ir a campo, pressupõe abarcar muitas outras características e habilidades também.  O cuidado reside no se que se fala.  A distância entre o que se diz e que se faz denota incoerência.   Trata-se de um dos grandes desafios do ser humano,  ser “coerente”, com o que pensa, sente, fala e faz.  Daí a necessidade de,  primeiro,  ter consciência disso, segundo, ter vontade de REALIZAR mudanças e  por fim, colocar  a questão  EM FOCO, canalizado os devidos  esforços e atenção.

São aspectos que trago nos meus conteúdos!  Para participar da nossa REDE e receber informações ( se você ainda não faz parte ),  se inscreva JÁ.  ->>> Quero fazer parte da REDE

Finalizando…
Em tempos de festas juninas ou “julinas”,   tem muito “fogo de palha” por ai,  né não?

Até sempre!!

Darlene

 

Captura de Tela 2017-07-09 às 11.26.55.png

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s